Logo Companhia das Cordas Abrir Menu

Por sua grande versatilidade e sua longa história, o piano oferece ao instrumentista uma enorme gama de estilos e áreas de atuação, desde o piano erudito até a improvisação de jazz, desde o piano solista até a participação em grupos ou como acompanhante para tocar e cantar.

O curso de piano da Companhia das Cordas permite que aluno tenha acesso a todas essas frentes ou se especialize na que mais lhe interessar.

Em todos os casos ele terá domínio sobre a estrutura de seu instrumento (distribuição de notas, escalas, acordes), sobre as formas de notação (partitura e cifra), sobre a técnica (postura, digitações, sonoridade, velocidade, etc) e sobre o repertório, sempre respeitando seu gosto e seus objetivos.

Gostou? Comece agora!

Comece Agora

Professores de Piano da Companhia das Cordas


Beatriz Oliveira

Bacharel em piano pela USP (Universidade de São Paulo) sob orientação do professor doutor e pianista Amicar Zani Netto, e formada pelo curso profissionalizante em música com habilitação em piano erudito na Fundação das Artes de São Caetano do Sul, participou como professora, pianista colaboradora e solista dos importantes festivais de música: 43º Festival de Inverno Campos do Jordão, o 13º Festival Musica nas Montanhas em Poços de Caldas (MG) e o 37º Festival de Prados(MG).

Realizou master classes com diversos pianistas, entre eles: Jitka Cechová, José Feghali, Nelson Goerner, Fany Solter, Nelson Freire, Ewa Kupiec, Malcolm Bilson, Cláudio Soares, Paulo Álvares, Eduardo Monteiro, Flavio Augusto e Gilberto Tinetti.

Participou como pianista colaboradora nos coros da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, no Coro Canticorum Jubilum nas classe de violino e violoncelo do Instituto Fukuda.

Atualmente, é professora da escola Companhia das Cordas e também ministra aulas particulares de piano, além de desenvolver vários projetos de música de câmara e como pianista colaboradora.


Carla Arnoni

Formada em piano clássico pelo Conservatório Musical Santa Cecília (Taquaritinga) iniciou sua carreira como professora no Conservatório Souza Lima e atualmente está na escola de música Companhia das Cordas em São Paulo.

Como solista, atua na área de música brasileira e jazz desde 1982 tocando em shows, casas noturnas, televisão, hotéis e eventos.

Integrante da banda Soma, gravou dois discos em 1989 e 1999 tendo feito muitos shows pelo interior de São Paulo outros estados para divulgar seu trabalho.

Também tocou nos discos de Anaí Rosa, Daisy Cordeiro,Tião Carvalho, Ivan de Souza e acompanhou vários artistas entre eles o trombonista Raul de Souza .

Entre seus trabalhos atuais se destacam seu duo com o guitarrista e compositor Renato Consorte, a banda feminina “Mais Maria do que Zé “ e a banda “Farinha Seca”.

a

Carlos PG

Apelido no meio musical: PG. Nascido em Araraquara, neto de músico.Iniciou seus estudos de piano e flauta transversal aos 6 anos no conservatório Villa Lobos. Lá tocou com a Orquestra Municipal de Araraquara.

Aos 15 anos, vindo para a Capital, deu início aos estudos de piano popular com o prof. Gogô, pianista de Dick Farney, Wilson Cúria e Nelson Panicalli, do Clam. Com Cláudio Leal estudou arranjo e harmonia.

Como professor trabalhou no Conservatório Souza Lima, na escola Nova Música, do saxofonista Marcelo Prandini, e na Auê.

Trabalhou por 4 anos como produtor e músico no Estúdio Transamérica e acompanhou artistas como Rita Lee, Peninha, Glória Oliveira, Clebe, Letícia Oliveira, Laura Finokiaro, Bukassa, Banda Cara de Pau, entre outros.

 

a

Felix Wagner

Iniciou seus estudos de piano aos 8 anos de idade na escola comunal de Wolfsburg (Alemanha)
Toca Jazz desde os 11 anos de idade. Aulas de piano clássico e harmonia com Amilton Godoy (Zimbo Trio).

Nos anos 70 e 80 foi pianista/tecladista da assim chamada vanguarda paulista: Divina Increnca, Grupo UM, Itamar Assumpção, Tetê Espindola entre outros. Compôs jingles (Epatovis B12) e foi diretor musical das encenações “Mahagonny” e “…canta Brecht e Weill” da companhia de teatro Ornitorrinco (Dir. Cacá Rossett). Compôs a musica para o balé “Vidros Moídos” (coreografia Sonia Motta).

Na Europa (Berlin, Roma, Lisboa) compôs para Bigband, quinteto de saxofones e formações jazzísticas, além de atuar como pianista solo (prêmio da cidade de Berlim). Trabalhou também com Albert Mangelsdorff, Till Brönner, Sven Ake Johansson, Garett List, Cher, Twana Rhodes, entre outros.

Como docente livre lecionou solfejo e harmonização jazzística na Universität der Künste (Berlim)
Atualmente mantém um projeto de hardbop-samba em São Paulo e Berlim.

 

John Larson

Bacharel em música popular pela Unicamp, foi aluno dos pianistas Arno Roberto von Buettner, Hilton Valente e Prof. Dr. Acy T. Meyer. Foi aluno ouvinte na ECA de Ribeirão Preto onde cursou matérias de harmonia e contraponto ministradas pelo prof.dr. Rubens Ricciardi , e matérias de harmonia e estruturação musical ministradas pelo prof. Dr. Rodolfo Coelho. Também foi aluno especial de pós-graduação da ECA em matéria ministrada pelo Prof. Dr. Rubens Ricciardi.

Participou como tecladista da gravação do álbum “Angu”, lançado em setembro de 2007, em Campinas. Compôs a trilha sonora da animação “Aula de etiqueta”, de Thomas Larson, parte integrante do premiado vídeo “Engole duas ervilhas” e a trilha da coreografia “A figura e o fato” da bailarina Érica Tessarolo, em parceria com Daniel Dias. Participou também do álbum de música infantil “Angudada”, lançado no começo de 2014 através do Proac.

 

 


Mauricio Marques

Tecladista, arranjador e produtor. Estudou no Brasil com Vera Bonfim Pestana, Ricardo Breim e Nelson Ayres. Nos USA, frequentou a Berklee College of Music concentrando os estudos em arranjo e composição.

Tocou com Patrícia Marx, Ná Ozzetti, Suzana Salles, Gal Costa, Roberta Miranda, Marlon e Maicon e Paulo Moura.

Tocou, arranjou e gravou com Leandro e Leonardo, Tato Mahfuz, Albino Infantozzi, Vitor Alcântara, Herzberg Sexteto, Pollaco, Roberto Sallaberry, Vera Figueiredo, Billy Cobham, Dennis Chambers e Dave Weckl.

Produziu jingles para Nestlé, Panasonic, Fiat, Ypê Clear e Walita.

Autor de várias aulas de teclado e software em vídeo.

Leciona piano desde 2006 em escolas de curso livre e é tecladista das bandas Quinteto 7 Notas, Oito de Paus, Mulheres do Programa e Cometa Gafi.

a

Mariana Trento FOTO

Mariana Trento

Currículo em breve

a

a

a

a

a

a

a

a

Oscar Galil FOTO 2Oscar Galil

Iniciou seus estudos de piano aos 6 anos de idade no Instituto Artístico Musical Mimby (em Assunção) e em 2001 se formou como Professor Superior de Piano aos 16 anos de idade. Participou de varios grupos musicais em diversos estilos como Pop, Rock, Jazz, Fusion, Latin Jazz, Salsa, e em 2007 ingressou no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” na cidade de Tatuí- SP, fazendo o curso de Piano MPB/Jazz aonde estudou com vários músicos renomados da cena instrumental brasileira, formando-se em 2012. Na edição de 2011 do Painel Instrumental participou da Big Band “Outside”, nesta ocasião acompanhando o renomado baixista e guitarrista Tiago Espírito Santo e o grande artista Arismar do Espírito Santo. Atualmente participa como bolsista da Big Band do Conservatório, tocando ao lado de grandes nomes da música brasileira, alem de continuar seus estudos de Piano Erudito.

Em 2012 participou da gravação do CD “Sonidos del Sur” do guitarrista, violonista e compositor paraguaio Pedro Martinez, com quem desenvolveu um trabalho intenso de pesquisa de ritmos e linguagem da música folclórica da América do sul, com os componentes do quarteto. Em Outubro de 2011 participa da gravação do CD “Paraguay Contemporaneo “Vyá Guasu”, sob regência, arranjos e composição do compositor e saxofonista Palito Miranda, onde gravou a obra “Hake Peã”, concerto para piano e orquestra. Em 2009 participa como arranjador, diretor e produtor musical do recital ”Musica Entre Amigos”, homenagem a renomada cantora Zully Caballero, no teatro Municipal “Ignácio A. Pane” da cidade de Assunção-Paraguai. Em 2010 e convidado pela “Secretaria do Festival Mundial Del Arpa” para participar como arranjador e diretor musical do evento de lançamento do CD” Mi Historia” do harpista Ismael Ledesma, radicado na França. Desde 2007 faz parte da agrupação de Salsa “Compadre Candela”, com quem se apresentou em vários SESCs, de São Paulo, Sorocaba, Araçatuba, e em conhecidas casas em São Paulo e Sorocaba. Atualmente faz parte do “Afrolatinjazz Ensemble”, tocando ao lado de renomados músicos do circuito paulistano.