Logo Companhia das Cordas Abrir Menu

Por sua grande versatilidade e sua longa história, o piano oferece ao instrumentista uma enorme gama de estilos e áreas de atuação, desde o piano erudito até a improvisação de jazz, desde o piano solista até a participação em grupos ou como acompanhante para tocar e cantar.

As aulas de piano da Companhia das Cordas permitem que aluno tenha acesso a todas essas frentes ou se especialize na que mais lhe interessar.

Em todos os casos ele terá domínio sobre a estrutura de seu instrumento (distribuição de notas, escalas, acordes), sobre as formas de notação (partitura e cifra), sobre a técnica (postura, digitações, sonoridade, velocidade, etc) e sobre o repertório, sempre respeitando seu gosto e seus objetivos.

Gostou? Comece agora!

Comece Agora

Professores de Piano da Companhia das Cordas


Aninha Ferrini FOTOAninha Ferrini

Aninha Ferrini é formada em canto popular pela Escola do Auditório Ibirapuera com Marcella Martinez e é bacharelanda em música, com ênfase também em canto popular, pela Faculdade Santa Marcelina (FASM) com Joana Mariz. Estudou piano erudito no Conservatório Musical do Butantã com a prof. Mônica Ajej, tendo se formado no 4o ano.

Em 2010 integrou o Coral da Escola do Auditório do Ibirapuera, sob regência de Daniel Reginato. Com o grupo dividiu o palco com grandes nomes da música popular brasileira como Elza Soares, Fabiana Cozza, Dori Caymmi, Edson José Alves, entre muitos outros. Atualmente atua como auxiliar de regência neste grupo, com aulas de prática de naipe. Em 2011 iniciou a carreira como professora de música, ministrando aulas de canto e piano no Instituto Musical do Butantã e na escola O Mundo da Música.

Em 2012 integrou a Orquestra Furiosa do Auditório Ibirapuera sob regência dos maestros Nailor Proveta e José Roberto Branco. Participou em 2015 do show “Especial da Escola do Auditório” cantando ao lado de Mônica Salmaso, Teco Cardoso e Vanessa Moreno.

Transitando entre o popular e o erudito, a cantora integra atualmente o Coro Jovem do Estado de São Paulo, sob regência de Tiago Pinheiro. Seu mais recente trabalho é o duo “A Voz do Violão” com o violonista Wellington Silva.

a

a

a

a

Carla Arnoni

Formada em piano clássico pelo Conservatório Musical Santa Cecília (Taquaritinga) iniciou sua carreira como professora no Conservatório Souza Lima e atualmente está na escola de música Companhia das Cordas em São Paulo.

Como solista, atua na área de música brasileira e jazz desde 1982 tocando em shows, casas noturnas, televisão, hotéis e eventos.

Integrante da banda Soma, gravou dois discos em 1989 e 1999 tendo feito muitos shows pelo interior de São Paulo outros estados para divulgar seu trabalho.

Também tocou nos discos de Anaí Rosa, Daisy Cordeiro,Tião Carvalho, Ivan de Souza e acompanhou vários artistas entre eles o trombonista Raul de Souza .

Entre seus trabalhos atuais se destacam seu duo com o guitarrista e compositor Renato Consorte, a banda feminina “Mais Maria do que Zé “ e a banda “Farinha Seca”.

a

a

Carlos PG

Apelido no meio musical: PG. Nascido em Araraquara, neto de músico.Iniciou seus estudos de piano e flauta transversal aos 6 anos no conservatório Villa Lobos. Lá tocou com a Orquestra Municipal de Araraquara.

Aos 15 anos, vindo para a Capital, deu início aos estudos de piano popular com o prof. Gogô, pianista de Dick Farney, Wilson Cúria e Nelson Panicalli, do Clam. Com Cláudio Leal estudou arranjo e harmonia.

Como professor trabalhou no Conservatório Souza Lima, na escola Nova Música, do saxofonista Marcelo Prandini, e na Auê.

Trabalhou por 4 anos como produtor e músico no Estúdio Transamérica e acompanhou artistas como Rita Lee, Peninha, Glória Oliveira, Clebe, Letícia Oliveira, Laura Finokiaro, Bukassa, Banda Cara de Pau, entre outros.

aa

aa

aa a

aa a

a

Felix Wagner

Iniciou seus estudos de piano aos 8 anos de idade na escola comunal de Wolfsburg (Alemanha)
Toca Jazz desde os 11 anos de idade. Aulas de piano clássico e harmonia com Amilton Godoy (Zimbo Trio).

Nos anos 70 e 80 foi pianista/tecladista da assim chamada vanguarda paulista: Divina Increnca, Grupo UM, Itamar Assumpção, Tetê Espindola entre outros. Compôs jingles (Epatovis B12) e foi diretor musical das encenações “Mahagonny” e “…canta Brecht e Weill” da companhia de teatro Ornitorrinco (Dir. Cacá Rossett). Compôs a musica para o balé “Vidros Moídos” (coreografia Sonia Motta).

Na Europa (Berlin, Roma, Lisboa) compôs para Bigband, quinteto de saxofones e formações jazzísticas, além de atuar como pianista solo (prêmio da cidade de Berlim). Trabalhou também com Albert Mangelsdorff, Till Brönner, Sven Ake Johansson, Garett List, Cher, Twana Rhodes, entre outros.

Como docente livre lecionou solfejo e harmonização jazzística na Universität der Künste (Berlim)
Atualmente mantém um projeto de hardbop-samba em São Paulo e Berlim.

a

a

a

Francisco Rocha Daud

Francisco Rocha Daud é bacharel em música, habilitado em piano pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Seus estudos de piano começaram em 1992, tendo estudado com Luciane Cardassi,  Paula Monteiro,  Atílio Mastrogiovanni, Anna Cláudia Agazzi e ao longo de muitos anos com Heloísa Zani. Também teve aula de piano jazz com Félix Wagner; fez o curso de piano popular na EMESP (Escola de Música do Estado de São Paulo) com Lis de Carvalho, Cristina Machado e Célia Carmona. Vem estudando a linguagem do jazz com Frank Herzsberg.

Francisco vem realizando apresentações solo e camerísticas, tanto no piano quanto no teclado, destacando-se a sua participação na Virada Cultural de 2006, 2011 e 2014, em São Paulo. Já acompanhou e fez arranjos para o grupo vocal Canto Porque Gosto, regido por Júlio Maluf. Participou de montagem de espetáculo de dança com projeção de imagens executando a trilha sonora ao vivo; espetáculo este apresentado em festival no interior de São Paulo. Além disso, tem tocado jazz e MPB na noite, estilo piano bar, desde 2014.

Francisco fez suas primeiras audições de obras contemporâneas, citando o ENCUN (Encontro Nacional de Compositores Universitários) em 2007, fazendo a estréia mundial de obra para piano e percussão do compositor brasileiro Ivan C. Monteiro. Produziu trilhas sonoras de vídeos para publicidade, institucionais, animações, entre outros. Tem composições próprias tanto para piano solo como para outras formações instrumentais.

 a

aa

aa a

a

John Larson

Bacharel em música popular pela Unicamp, foi aluno dos pianistas Arno Roberto von Buettner, Hilton Valente e Prof. Dr. Acy T. Meyer. Foi aluno ouvinte na ECA de Ribeirão Preto onde cursou matérias de harmonia e contraponto ministradas pelo prof.dr. Rubens Ricciardi , e matérias de harmonia e estruturação musical ministradas pelo prof. Dr. Rodolfo Coelho. Também foi aluno especial de pós-graduação da ECA em matéria ministrada pelo Prof. Dr. Rubens Ricciardi.

Participou como tecladista da gravação do álbum “Angu”, lançado em setembro de 2007, em Campinas. Compôs a trilha sonora da animação “Aula de etiqueta”, de Thomas Larson, parte integrante do premiado vídeo “Engole duas ervilhas” e a trilha da coreografia “A figura e o fato” da bailarina Érica Tessarolo, em parceria com Daniel Dias. Participou também do álbum de música infantil “Angudada”, lançado no começo de 2014 através do Proac.

aa

aa a

a

a

 

juliana-cardoso-fotoJuliana Cardoso

Bacharel em Artes da Performance Jazzística com Habilitação em Piano pela Newpark Music Centre, em Dublin (Irlanda), a pianista e compositora Juliana Cardoso iniciou sua trajetória na música aos 7 anos, com aulas particulares de piano em sua cidade natal. Em sua formação consta ainda a Faculdade Internacional de Música Souza Lima & Berklee e a EMESP Tom Jobim, onde estudou, respectivamente, o piano no jazz e na música brasileira e composição contemporânea.

Como pianista profissional Juliana esteve presente em diversos contextos – entre big bands, trios e quartetos – tocando estilos musicais variados, como jazz, bossa nova, choro, música brasileira instrumental, música erudita e salsa. Dentre os destaques em sua trajetória profissional estão sua apresentação solo na “Virada Cultural” no palco “Piano na Praça”; a produção do “Festival de Piano Mais Brasil” – sediado em Mogi das Cruzes – e que contou com a apresentação de cinco trios de piano, incluindo o seu próprio e o renomado Trio Curupira.

Suas composições para octeto apresentadas no National Concert Hall (Dublin, Irlanda); seu concerto solo “Piano Subversions”, apresentado também no National Concert Hall; as participações nas gravações dos CDs dos cancionistas Waldir Vera, Paulo Henrique e Pedro Abib e do projeto de resgate da memória do compositor Odmar Amaral Gurgel (Maestro Gaó); e a participação no festival “Sonamos Latinoamérica, Edição Cusco” junto ao Coletivo Carta na Manga. Atualmente, o foco da musicista é seu trabalho autoral em trio, que culminará na gravação de seu primeiro álbum, previsto ainda para 2016.

a

a


Mauricio Marques

Tecladista, arranjador e produtor. Estudou no Brasil com Vera Bonfim Pestana, Ricardo Breim e Nelson Ayres. Nos USA, frequentou a Berklee College of Music concentrando os estudos em arranjo e composição.

Tocou com Patrícia Marx, Ná Ozzetti, Suzana Salles, Gal Costa, Roberta Miranda, Marlon e Maicon e Paulo Moura.

Tocou, arranjou e gravou com Leandro e Leonardo, Tato Mahfuz, Albino Infantozzi, Vitor Alcântara, Herzberg Sexteto, Pollaco, Roberto Sallaberry, Vera Figueiredo, Billy Cobham, Dennis Chambers e Dave Weckl.

Produziu jingles para Nestlé, Panasonic, Fiat, Ypê Clear e Walita.

Autor de várias aulas de teclado e software em vídeo.

Leciona piano desde 2006 em escolas de curso livre e é tecladista das bandas Quinteto 7 Notas, Oito de Paus, Mulheres do Programa e Cometa Gafi.

aa

aaaa

Mariana Trento FOTO

Mariana Trento

Currículo em breve

a

a

a

a

a

a

aa

aa a

a

Naara Santana

Licenciada em música pela Universidade de São Paulo tem dedicado a sua carreira ao ensino de música através do piano, musicalização infantil e prática coral, atuando em diversas escolas e projetos musicais.

Em sua trajetória musical tem caminhado tanto pela área erudita como popular, recebendo orientações de professores como: Regina Célia Carmona, Cris Machado, Itamar Collaço, Paulo Braga, Marcus Teixeira, João Paulo Amaral, Alex Sandra Grossi, Rosana Civille, entre outros.

Aluna das escolas municipal e estadual de música tem desenvolvido intenso trabalho na formação de grupos de musica popular e pratica camerística tradicional, e participado constantemente de atividades musicais em recitais, workshops, masterclass, e encontros musicais diversos.

aaa

aa

aa

a

Oscar Galil FOTO 2Oscar Aldama

Iniciou seus estudos de piano aos 6 anos de idade no Instituto Artístico Musical Mimby (em Assunção) e em 2001 se formou como Professor Superior de Piano aos 16 anos de idade. Em 2007 ingressou no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” na cidade de Tatuí – SP, fazendo o curso de Piano MPB/Jazz aonde se formou em 2012. Na edição de 2011 do Painel Instrumental participou da Big Band “Outside”, nesta ocasião acompanhando o renomado baixista e guitarrista Tiago Espírito Santo e o grande artista Arismar do Espírito Santo. Atualmente participa como bolsista da Big Band do Conservatório, tocando ao lado de grandes nomes da música brasileira, alem de continuar seus estudos de Piano Erudito.

Em 2012 participou da gravação do CD “Sonidos del Sur” do guitarrista, violonista e compositor paraguaio Pedro Martinez, com quem desenvolveu um trabalho intenso de pesquisa de ritmos e linguagem da música folclórica da América do sul, com os componentes do quarteto. Em Outubro de 2011 participou da gravação do CD “Paraguay Contemporaneo “Vyá Guasu”, onde gravou a obra “Hake Peã”, concerto para piano e orquestra. Em 2009 participou como arranjador, diretor e produtor musical do recital ”Musica Entre Amigos”, no teatro Municipal “Ignácio A. Pane” da cidade de Assunção-Paraguai. Em 2010 foi convidado pela “Secretaria do Festival Mundial Del Arpa” para participar como arranjador e diretor musical do evento de lançamento do CD” Mi Historia” do harpista Ismael Ledesma. Desde 2007 faz parte da agrupação de Salsa “Compadre Candela”. Atualmente faz parte do “Afrolatinjazz Ensemble”, tocando ao lado de renomados músicos do circuito paulistano.

a

a

Sérgio Assencio FOTOSergio Assencio

Realizou seus estudos de Piano no Conservatório Musical Heitor Villa-Lobos, sob a orientação da pianista e compositora Sandra Abrão, concluindo-o em 2005. No ano de 2006 participou do curso especializante de História da Música com o violonista e compositor Charles Raszl (Barbatuques) e neste mesmo ano foi convidado a lecionar no Conservatório Musical Heitor Villa-Lobos, aonde foi professor durante seis anos.

Em 2007, participou do Recital de Homenagem a Eduardo Escalante, executando obras do autor. Nos anos de 2008 e 2009 atuou como pianista em workshops como “O panorama da música brasileira do século XIX até os dias atuais”, ministrado pelo professor compositor e folclorista Eduardo Escalante.

Participou de diversos recitais interpretando compositores como Chopin, Camargo Guarnieri, Ernesto Nazareth, entre outros. Em 2011 ministrou como professor convidado, a série de palestras “Técnica e Interpretação aplicada ao piano” na Faculdade Paulista de Artes – FPA, aos alunos do curso de Licenciatura em música. Atuou como compositor no projeto de musicalização para bebês em conjunto com a pedagoga Amália De Vincenzo. Desde então vem aplicando o trabalho às crianças do Lar Sírio Pró Infância. Em 2013 foi convidado para o Encontro de Compositores no qual estavam presentes compositores como: Eduardo Escalante, Edmundo Villani Côrtes, Mário Jequibau Albanesi, entre outros.