Logo Companhia das Cordas Abrir Menu

A Companhia das Cordas é um ponto de referência no ensino do violão. Seja qual a área de interesse do aluno, ele terá todo o conhecimento necessário para uma formação sólida a longo prazo, sem perder de vista os resultados práticos imediatos que a estrutura do instrumento permite, e que ajudaram a fazer dele um dos mais populares do mundo.

O curso de violão inclui mapeamento do braço, notação (leitura de partitura, cifra, tablatura e diagramas) técnica (postura, sonoridade, agilidade, precisão) e linguagem dos diversos gêneros (comportamento melódico e rítmico/harmônico) sempre aplicados a um repertório estimulante que abrange todas as suas áreas de atuação: violão solo, violão como acompanhante (para o próprio aluno cantar ou para outro músico) e o violão inserido em grupo. Para isso utilizamos material especialmente desenvolvido por nossa equipe, além dos melhores autores do mercado e uma completa biblioteca incluindo o violão erudito, o violão brasileiro, o violão de rock, e outras escolas tradicionais. Tudo sempre a serviço do gosto e dos objetivos de cada aluno.

Gostou? Comece agora!

Comece Agora

Professores de Violão da Companhia das Cordas


Bráulio Resende

Iniciou seus estudos de violão popular aos 13 anos de idade. Aos 15, adotou a guitarra. Estudou com os professores Celso Brescia, Fernando Corrêa, Paulo Bellinati e outros.

Leciona desde 1989 e é professor da Companhia das Cordas há 17 anos.

Participou de vários grupos musicais em gêneros variados como pop rock, jazz fusion instrumental, choro, reggae, MPB.

Instrumentista, cantor, compositor e arranjador, atua como produtor de trilhas, discos, demos etc e atualmente integra a banda do cantor e compositor Peninha.

 

a

 

aa

Bruno Vieira

Natural de Sorocaba, interior de São Paulo, iniciou seus estudos de violão e guitarra aos 10 anos com professor particular, tendo posteriormente estudado no Conservatório Dramático e Musical Carlos de Campos, em Tatuí (SP) com os professores Geraldo Ribeiro (Violão Erudito) e Dauri Silva (Guitarra), na Escola de Musica e Tecnologia com o professor Christian McCarthy (Guitarra) e no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim (antiga ULM) com o professor Marcos Murillo de Almeida Passos (Violão Popular), tendo posteriormente cursado Licenciatura Plena em Música pela Faculdade Paulista de Artes, concluindo em 2011.

Já tocou em diversos bares, clubes e casas noturnas na cidade de São Paulo e no interior acompanhando diversos cantores e bandas, desenvolvendo recentemente um trabalho de pesquisa e resgate da música brasileira com o grupo Chora no Samba.

Ministra aulas de violão e guitarra desde 1998, lecionando desde 2010 na escola Companhia Das Cordas.

a

a

Celso Leal

Estudou violão e guitarra com diversos professores como Henrique Pinto, Oscar Ferreira de Souza, José Roberto Araújo, Paulo Bellinati, Paulo Porto Alegre, Edelton Gloeden, Wander Taffo, Fernando Corrêa, entre outros.

Estudou Harmonia com Amilson Godoy, Improvisação com Roberto Sion e Arranjo com Nelson Ayres. Teve aulas de História da Música, Estética e Contraponto com o professor e maestro H.J. Koellreuter.

Fez curso de Piano Complementar com Andréa Bertelli. Trabalhou percepção, harmonia, improvisação e supervisão didática de ensino com Ricardo Breim. Fez cursos de curta duração e workshops e com Toshiko Akiyoshi, Acelino – Acê, Steve Morse, José Miguel Wisnik, Luiz Tatit , Mozart Mello, Paulo Bellinati, Ulisses Rocha, Djalma Lima, etc. Graduou-se em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie. Leciona música desde 1970.

Fez apresentações musicais como violonista erudito, solista e em duos e como guitarrista em diversas formações na cidade de São Paulo. Realizou pesquisa em didática e metodologia de ensino e participou na elaboração de apostila didática de harmonia e percepção para o projeto Regentes-Corais da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, com Ricardo Breim e Anise Ferreira.

Coordenou a criação de uma nova faculdade de música na universidade UniSantanna em São Paulo. É sócio-diretor e coordenador musical da Escola de Música Companhia das Cordas.

a

a

Dani Murray

Considerado um dos mais talentosos violonistas de sua geração, desenvolve uma ativa carreira como intérprete, arranjador e compositor.

Integra, desde 2009, o Quarteto Tau de violões junto a Breno Chaves, Jose Henrique Rosa Campos e Fabio Bartoloni e formou junto ao violonista e compositor Chico Sa- raiva o Duo Saraiva-Murray, com quem acaba de fazer concertos pela Europa (Paris, Londres e Portugal).

Em 2011 realiza pelo Proac uma tourneé paulista de seu segundo trabalho solo “Tom Jobim para violao” (Delira Música). Realiza também uma tourneé nacional junto ao “Trio Universos”, formado por Giuliana Audra (flauta) e Sergio Kafejian (eletronica em tempo real) através do Programa Petrobrás Cultural.

Em 2012 lança o CD “Cordas Brasileiras – Fernando Caselato e Quarteto TAU” (Delira Música) produzido por Paulo Bellinati. O CD que une a viola brasileira ao quarteto de violoes em composições de Chico Saraiva, Fernando Caselato, Paulo Bellinati, Emiliano Castro, Weber Lopes, Carmo Bartoloni entre outros conta com o texto de encarte de Egberto Gismonti. Grava neste mesmo ano o CD de estréia do Duo Saraiva-Murray através do ProAC ICMS.

a

 

Fabio Oriente

Formado em engenharia civil pela Escola de Engenharia Mauá, estudou música no Conservatório do Brooklin, CLAM (Zimbo Trio) e cursos de habilitação com Henrique Pinto, Cláudio Leal Ferreira, Paulo Portoalegre, Paulo Belinati, Koellrreuter, Nelson Ayres, Cândido Serra e Roberto Sion. Iniciou sua carreira profissional em 1979, desenvolvendo e gravando suas ideias musicais com o grupo FREELARMÔNICA.

Gravou e tocou com vários artistas (Dori Caymmi, Wilson Simonal, Guilherme Vergueiro, Vânia Bastos, Roberto Sion, Eliana de Lima, Toninho Ferragutti, Stella Parton (EUA), Sandra (Alemanha), Paulo Moura, Wagner Tiso, Eumir Deodato, Amílson Godoy, Ney Matogrosso, Zizi Possi, Virginia Rosa). Foi diretor musical da cantora Rosa Maria (1988/1993), participando da 2ª e 3ª versão do Annual Brazilian Season no The Ballroom de Nova York. Participou da série Arranjadores (bandas Savana e Maestro Cipó), patrocinada pelo MIS, registrada em CD, com distribuição mundial. Integrou a Banda da Polaina (1995), para o projeto “Raros & Inéditos” (prêmio APCA de melhor espetáculo musical), desenvolvido por Zuza Homem de Melo e SESC Pompéia.

Atuou como guitarrista da Ray Conniff his Singers & Orchestra durante a Ray Coniff South America Tour 1992/1993. Integrou a Orquestra Jazz Sinfônica (maestros Ciro Pereira e Nelson Ayres, 1997/1999). Atuou no empreendimento internacional Fábrica do Inglês em Silves, Portugal (1999/2000) e 5 temporadas (1998/2002) consecutivas em cruzeiros marítimos. Atualmente é líder da banda de música instrumental ORIENTE EXPRESS, arranjador e guitarrista da Banda Elite (shows, festas e eventos) e Banda Jazzco. É integrante da Big Band Arruda Brasil. Ministra workshops. aulas particulares e leciona no Conservatório Musical do Butantã e Companhia das cordas.

a

 

Fabio Hammerick

É natural de São Paulo, aos 12 anos já demonstrava seu interesse em música frequentando regularmente as Oficinas de Violão do Teatro Amácio Mazzaropi, aos 19 torna-se professor de Violão do Projeto Guri e também ingressa na Universidade Livre de Música (ULM) cursando Violão Erudito e participando da Camerata de Violões da mesma universidade.

Tocou em diversos lugares como Sala São Paulo, Teatro São Pedro, Memorial da América Latina, Festival de Inverno de Campos do Jordão entre outros e tocando Guitarra, integrou a Orquestra do Teatro Amácio Mazzaropi regida pelo Maestro Walter Azevedo onde teve seus primeiros contatos com a música brasileira e o Jazz, ali também teve suas primeiras aulas de Harmonia com o próprio Maestro e com o Baixista Mário Andreotti (Marinho-Jazz Sinfônica).

Participou de diversos festivais de improvisação livre contemporânea, curso ministrado por grandes nomes do cenário de música livre como Thomas Rohrer, Marcio Mattos, Javier Carmona, Rodrigo Montoya, Panda Gianfratti, Jonh Russel e Shefa Alonso, acabou por ingressar em um grupo orquestral que tem como proposta, difundir a música de improvisação livre, a S.P.I.O (São Paulo Improvisers Orchestra).

Teve aulas particulares de Guitarra com Valmyr Tavares (cover Guitarra) e logo depois ingressou no Conservatório Souza Lima/Berklee onde teve aulas com grandes nomes como Pollaco, Lupa Santiago, Ciro Visconti, Walter Nery, Márcio Alves, Daniel Maudonnet, Ana Maria Vieira de Mello, Gilberto de Syllos, Carlos Ezequiel entre outros, granduando-se em seu instrumento. Está atualmente cursando Licenciatura Plena em Música e Bacharelado em Guitarra pela UniSant´anna. Faz trabalhos em duo, trio e quartetos produzindo releituras de grandes Standarts do Jazz e da Música Brasileira além de acompanhar os Cantores João Vitor e Edson Rocha(com cd Lançado). É professor de Guitarra particular, Companhia das Cordas e do Conservatório Souza Lima/Berklee.

a


Fernando Fillipi

Cria da Companhia, sua formação teve início em 1990, com Gustavo Resende. Estudou também com Celso Brescia Leal, José Roberto Araújo e Cleber Alves. Participou de vários workshops, dentre estes os dois ministrados por Mike Stern na Companhia em 2006 e 2007. Teve aulas com Eduardo Ardanuy, Michel Leme, Fabio Giacheto e Luis do Monte. Em 2010 e 2011, cursou violão popular com Rubens Nogueira e, mais recentemente, fez o curso de especialização em guitarra blues de Marcos Ottaviano.

Passou a integrar o corpo docente da Companhia em 1997, tendo, desde então, ensinado violão e guitarra para crianças, adolescentes e adultos. Apresentou em 2007 um workshop sobre técnica Sweep Picking. Nos anos de 2010 e 2011 assumiu a produção cultural da escola, tendo sido, nesses anos, responsável pelo agendamento e organização dos eventos. Hoje, além de atuar como professor, é responsável pela direção da blues jam da escola.

Integrou a banda Maniva de 2003 à 2008, exercendo as funções de compositor, arranjador e intérprete. Com a banda, gravou o CD autoral Rock’n Roll com Poesia. Atualmente, possui um trabalho de composição em música brasileira que conta com a parceira do violonista Bruno Vieira, também professor da escola. Além disso, integra o Skin Blues Trio, que se apresenta em bares e casas de show da cena paulistana.

a

a

Gustavo Resende

Músico há 30 anos com formação teórica informal desenvolvida com o músico sócio/diretor da Companhia das Cordas Celso Brescia Leal.

Tem no seu currículo como violonista/guitarrista trabalhos com Fernanda Porto, Peninha e Nila Branco.

Junto à carreria de professor de violão e guitarra, desenvolve também um trabalho de formação e direção musical de bandas na escola. É o responsável nos útimos 3 anos pela gravação e mixagem das do CD das Bandas da Companhia das Cordas.

Atua também em bandas de pop rock, MPB, fusion e blues como guitarrista e cantor.

 

 

aa

a

José Gabriel

José Gabriel nasceu em São Paulo, em 1990.

Começou seus estudos de guitarra na Companhia das Cordas em 2007 e logo se interessou por improvisação, harmonia e conteúdos teóricos, interesse que o levou a ingressar no curso de Guitarra Popular da Faculdade de Artes Alcantara Machado no ano de 2010.

Em sua formação musical estudou guitarra com foco em improvisação, harmonia e acompanhamento com Paulo Tiné, Marcos Otaviano, Marcelo Gomes, Gustavo Resende, estudando Jazz, Bossa, Samba, ritmos brasileiros, Blues, Rock e Pop.

Em 2014 iniciou sua carreira como educador musical na Companhia das Cordas com foco em didática infanto-juvenil.

a

a

a

José Roberto Araújo

Professor formado em violão pelo Conservatório Musical Tchaikovsky de Santos sob a orientação de Antonio Manzioni, em 1973. De 1974 a 1979, estudou harmonia e improvisação de jazz, com Fernando Motta, supervisor do CLAM.

Em 1980, fundou o Quarteto Livre, de música de câmera. De 1981 a 1984, foi professor do CLAM,Centro Livre de Aprendizagem Musical, dirigido pelo Zimbo Trio. Em 1982, viajou para a Colômbia com o grupo Acalanto para participar do evento Jazz Y Brasil. Em 1983, participou da gravação do álbum “Zimbo Convida”. Em 1984, fundou o Regional de choro “Pelo Telefone”. De 1985 a 1988, estudou piano sob a orientação de Maria Izabel Araújo.

De 1988 a 1990, estudou Harmonia e Percepção com Ricardo Breim. Estudou Estética da Música com o professor Hans J. Koellreutter. Estudou re-harmonização com Cláudio Ferreira Leal. Fez curso de arranjo para violão com Paulo Bellinati. Foi professor de guitarra e violão da Escola Espaço Musical.
Em 1994, começa sua atividade na Escola de Música Companhia das Cordas.

Tocou com a banda do Conservatório de Tatuí, sob a direção do maestro arranjador e condutor José Roberto Branco, idealizou o show “Instrumentando a Música Popular”, fez direção musical da peça “Nunca Me Vi, Sempre Me Amei”, de Guto Maia, premiada na jornada SESC de teatro. Fez direção musical e participou como executante em gravações, shows e composições de Sandra Yamamoto e Marco Zecchini. Tocou também com Rosa Maria, J. J. Jackson e Flávio Sandoval.

a

a

Luiz Cláudio Sousa

Luiz Cláudio Sousa possui especialização em Música pela Escola de Música de Brasília e pelo Centro de Estudos Musicais Tom Jobim. É também bacharel em Música/Guitarra pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM) e Técnico em Música/Guitarra pela e Fundação das Artes de São Caetano do Sul.

Estudou guitarra com Olmir Stocker (Alemão), Djalma Lima, Sydnei Carvalho, Jarbas Barbosa, Edson Guidetti, Renato Consorte, Jorge Ervolini, Affonso Jr., Rui Saleme, Marcelo Francisco e Paulo Tiné.

O guitarrista, atualmente, é professor na Companhia das Cordas, colunista do site Guitar Experience, endorser das marcas Pedais e Cordas NIG, Correias Basso Straps, palhetas Lost Dog, Power Click e Ka Luthieria. Transcritor do SongBook Alegria nos Dedos, de Arismar do Espirito Santo, lançado em 2014. Toca no JS Quarteto, formado também por João Silveira (flautas), Rafael Adballa (contrabaixo), Leandro Lui (bateria). Em 2013, o JS Quarteto lançou o CD Quitanda Brasileira, contando ainda com as participações de Israel de Almeida (violão de 7 cordas) e do flautista italiano Mário Carbotta. O grupo já se apresentou em Londres (Inglaterra), Bérgamo (Itália) e interior de São Paulo, onde já teve como convidados Toninho Carrasqueira (Flauta) e Ivan Vilella (Viola).

Luiz Cláudio já atuou como jurado do Concurso Double Vision DVD, juntamente com Edu Ardanuy, Marcelo Barbosa e Roger Franco. Desenvolveu trabalho como transcritor de partituras para os sites Nig Strings e Canal do Músico, e para revistas especializadas como Guitar Player, Guitar Class e Cover Guitarra, trabalhando ainda como editor técnico e colunista nesta última publicação.

a

 

Luiz Zampronha

Começou seus estudos de violão e teoria musical no conservatório musical Vila Mariana em 1975.

Estudou harmonia, contra ponto, sistemas musicais e história da música com os professores José Roberto Araújo e Mozart Mello.

Trabalhou ao lado de músicos como Giba Favery, Cristhiano Rocha, Cláudio Machado, Derico Sciotti, Sérgio Sciotti, Emilio Veronese, entre outros. Durante mais de 30 anos, tocou com várias bandas cobrindo o circuito de bares da noite paulista e do interior do estado.

É professor de guitarra desde 1988 e, atualmente, é professor de guitarra na Companhia das Cordas.

 

a

a

 a

Marcelo Pizarro

Há 30 anos é músico profissional tocando em bares e casas noturnas de São Paulo.

Professor da Companhia das Cordas desde 1998, sua experiência didática é quase tão rica quanto sua experiência prática.

Atuou em shows e gravações ao lado de nomes como Edson Cordeiro, Walter Franco, Leila Pinheiro, Elba Ramalho, Peninha, Rosa Maria Collin, Klebi, Norton Nascimento, Maria Alcina, Derico Sciotti, Adyel, Adylson Godoy, Frejat, Zezo Ribeiro, Zé Ketty, Adriana Godoy, Marcia Salomon, Willie Verdaguer, Rose Câmara, Vitória Maldonado, Julio Sanches, Carlos Saraiva, Cláudio Fillus, Circular Paulista, entre outros.

 

aa

 

aa

Muari Vieira

Nascido em Brasília, o violonista Muari Viera teve sua formação na renomada Berklee College of Music (Boston), onde se aprofundou improvisador e compositor. Residiu 12 anos no exterior, trabalhando como músico e professor de violão.

Foi aluno de Mick Goodrick, Oscar Stagnaro e Lula Galvão entre outros. Já participou de diversos trabalhos autorais de cantores e instrumentistas nos Estados Unidos, Equador e Brasil.

O seu estilo funde a disciplina do violão erudito com a liberdade do mundo do jazz.

Atualmente lidera o coletivo de violonistas Comboio de Cordas, fundado em 2009 com o intuito de firmar a cena violonística na cidade de São Paulo, além de participar de diversos grupos instrumentais da cidade.

a

a

a

aaa

Pedro Rocha

Nascido em São Paulo, aos 7 anos de idade mudou-se com a família para São José dos Campos, onde teve as primeiras aulas de violão aos 13 anos de idade. Com forte influência no rock, aprendeu a ouvir e apreciar outros estilos musicais mais tarde, iniciando na guitarra aos 16 anos de idade. Participou de bandas locais, se interessando cada vez mais no estudo da teoria musical.

A fim de aprofundar mais seus conhecimentos, aos 21 anos resolveu se mudar para São Paulo, onde ingressou no curso de Música Popular na FASM. Participou do grupo de música instrumental MusicMan Jazz Quintet, se apresentando com frequência no All of Jazz, passando também pelo bar Madaleine. Também em 2010, foi convidado a participar de 2 apresentações com o Coral Madrigal do SESC Consolação em Buenos Aires, Argentina. Em 2011 foi convidado para ser músico acompanhante do Coral Graber.

Em 2012 ingressou na banda Stoneria, entrando em estúdio com a banda para gravar seu primeiro disco autoral, com lançamento em 2015, e com clipe lançado no início do mesmo ano.

a

Renato Suguyama

Renato Suguiyama começou seus estudos de guitarra no ano de 1998 com professor particular. Em 2001 ingressou na EM&T (Escola de música de técnologia), onde foi aluno de Crhistian McCarthy e de Linguagem e estruturação músical com Ednilson Lazzari. Estudou na faculdade de música Santa Marcelina, cursando bacharelado em Guitarra Popular, onde teve como professor Fernando Corrêa. Também estudou com André Hernandes para aprimoramento técnico e guitarra fusion.

Em 2002 teve início sua carreira profissional, se apresentando em diversas casas de São Paulo, e realizando gravações.

Leciona desde 2006, é professor da Companhia das Cordas desde 2009.

a

a

a

Tie Alves FOTOTiê Alves

Formado em Licenciatura Plena em Música pela ( FAAM) Faculdade de Artes Alcântara Machado. Estudou violão popular e viola caipira no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim.
Lançou em 2014, “O Rio e a Lua” seu CD de estréia, formado por composições próprias.
Leciona aulas de violão e musicalização.