Logo Companhia das Cordas Abrir Menu

Musicalização Infantil

O objetivo é apresentar à criança os conceitos básicos da música, fazendo com que ela desde cedo produza música de maneira séria, bem orientada e atraente. Através do contato com vários instrumentos, o aluno terá a oportunidade de praticar um repertório especialmente preparado para esse trabalho, com exercícios rítmicos, percepção de melodias, escuta de gêneros variados e notação musical, trabalhando sua expressão individual e em grupo através de diversas brincadeiras e atividades.

Aula de Instrumento

A Companhia das Cordas oferece aulas de instrumentos para crianças. Contundo, caso a criança ainda esteja indecisa e queira experimentar diversos instrumentos antes de escolher o seu, é possível que recomendemos que comece pelo curso de Musicalização Infantil.

Gostou? Comece agora!

Comece Agora

Professores de Infantis da Companhia das Cordas


Mariana Trento FOTO

Mariana Trento

Mestranda em Música na Universidade de São Paulo (USP), possui graduação em Bacharelado em Piano Erudito pela Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM) sob a orientação de Marisa Lacorte e cursa a Licenciatura em Música na Universidade de São Paulo (USP) sob a orientação de Pedro Paulo Salles e Teca Alencar de Brito.

Como pianista colaboradora, participou da turnê do Coral da Escola Waldorf Francisco de Assis para Buenos Aires – Argentina em 2013. É pianista em grupos de música de câmara, apresentando-se em concertos como na Fábrica da Cultura, EMESP, SESI-SP, Museu de Arte de São Paulo (MASP), Museu de Arte Contemporânea (MAC), Centro Britânico Brasileiro, Instituto Butantan, Instituto Cervantes e Mosteiro São Bento.

Foi integrante do Collegium Musicum de São Paulo (2006 – 2012), sob a regência de Abel Rocha, e nos dois últimos anos sob a regência de Bruno Facio. Atualmente é regente titular do Coral da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (FO-USP) e integrante do Coro de Câmara Comunicantus, sob a regência de Marco Antonio da Silva Ramos, que recebeu regentes convidados como: Lilla Gábor, Geofrey Webber, Lee Ward, Fokko Oldenhuis e Philipp Amelung. Regente coral e Professora de música da Escola Waldorf Francisco de Assis.

 

 

 

a

Monica Elizeche

Estudou canto erudito no Conservatório Nacional de Asunción, violão e linguagem musical com o Prof. Dr. Carlos Shvartzman. No Brasil desde 2002, estudou violão e canto popular na escola de música GROOVE do mestre carioca Levi Miranda. É formanda em Canto Popular pela Faculdade Santa Marcelina.

Participou dos grupos de Jazz do maestro Carlos Shvartzman e do Fusión 5 do renomado guitarrista Daniel Cortázar e participou de vários Festivais de Jazz de na cidade de Assunção. No Brasil, integrou a orquestra de jazz do guitarrista Uruguaio Pablo Sumarán, e criou em conjunto com o pianista Carlos Rebouças o projeto de latin-jazz chamado BOLEROJAZZ em atuação até hoje.

Leciona canto e violão em escolas de música de São Paulo. É professora de canto popular da Faculdade Cantareira no curso preparatório para o Vestibular. Leciona musicalização infantil no projeto Macuru musicalização, projeto criado em conjunto com a Musicista Marina Siqueira. Faz parte do projeto de contação de histórias Canta e Conta da musicista Marina Siqueira e a atriz de teatro Paula Lisboa.

Mais informações em seu site, blog ou Facebook.

a

aa

a

a

a

Micael Antunes

Micael Antunes é compositor formado pela Faam e mestrando na ECA-USP. Sua pesquisa acadêmica aborda sistemas de afinação e a construção de instrumentos digitais.

É professor do projeto social Guri Santa Marcelina, atuando nas áreas teóricas, em cursos de improvisação e na capacitação de professores, assim como criador do Curso Modular de Escuta e Criação Musical, que teve como resultado a participação dos alunos em um concerto de música contemporânea junto a professores do Conservatório de Paris, no Museu MAC-USP.

Em sua carreira artística, tem atuado continuamente com o Coletivo Capim Novo, formado por compositores e dedicado à produção de concertos e no Projeto Y, grupo dedicado à improvisação livre, atuando como guitarrista e improvisando com live electronics. Fez parte da Orquestra de Guitarras Souza Lima e do Quinteto Experimental de Guitarras, projetos que exploraram as conexões entre a guitarra elétrica e a música de concerto. Em sua carreira de compositor e intérprete apresentou-se em importantes salas de concerto, como Berk Recital Hall em Boston (2012), Masp (2013), Auditório Zequinha de Abreu, Emesp (2014), Auditório Maria de Lourdes Sekeff, Unesp (2014) e MAC-USP (2015).

Suas últimas composições percorrem interações entre instrumentos digitais e acústicos e composições eletrônicas a partir de textos. Suas ultimas composições são Meu Amigo Gilberto Mendes (2016), Viagem ao centro do Som (2016) e Derbake-me (2016), disponíveis em https://soundcloud.com/micaelantunes.

a

a

aa

Michelle Neumann Toffolo Ayres

Estudou nos Conservatórios de Tatuí e Campinas de cello com os professores Gretchen Mueller, Zigmund Kuballa, Antonio Guerra Vicente, Marialbi Trisólio, regência com Eduardo Carvalho, Dario Sotelo, Abel Rocha, Naomi Munakata, Eduardo Fernandes, Dulce Primo, musicalização com Teca de Alencar, Renata Koury, canto com Tereza Longatto, Carol Borba.

Foi membro do Júri do Festival Gospel Católico de Sorocaba, Mapa Cultural Paulista, Carnaval de São Paulo. Participou do concurso de corais em Cantònigrós (Espanha) com o coral da UnB, obtendo o 1º lugar na Categoria Coros Folclóricos. Tocou na Orquestra Infanto-Juvenil, Jovem e de Música Popular de Tatuí, de Araçoiaba da Serra, Sorocaba, entre outras. Foi monitora do Coral do Dep. de Música da UnB. Cantou e regeu como convidada o Collegium Musicum de São Paulo.

Fundou e regeu a Orquestra do Instituto Municipal de Música de Sorocaba. Atuou como regente assistente e depois como titular da Orquestra Filarmônica Jovem da ASSEC, e da Orquestra A.P.J.. Regeu a Orquestra Sinfônica da Casa da Música de Diadema. Regeu diversos corais como das associações Monteiro Lobato e Humberto de Campos e Coral da escola Waldorf Francisco de Assis onde ministrou aulas de música e violino.

É professora dando aulas de cordas, coral, musicalização, flauta doce, violino e cello e atua como orientadora de cordas pelo método coletivo e musicalização infantil.

 

a

Sandra Melo

Sandra Melo começou sua carreira como cantora a mais de vinte anos e vem desenvolvendo seu trabalho através de um número diversificado de projetos. Já compôs e interpretou canções para o cinema, televisão e teatro.

Estudou teatro no Palácio das Artes, graduou-se em música em Dublin, na Irlanda e realizou seu mestrado em Helsinki, na Finlândia.

Tem mais de 10 anos de experiência no ensino de música e baseia suas lições sobre o indivíduo, ou seja nas necessidades de cada aluno, incluindo qualquer idade.

Atualmente Sandra Melo além de lecionar, empenha-se também em seu projeto de composições próprias juntamente com um grupo de músicos. Um trabalho que preza por uma combinação ímpar de qualidade e personalidade.

a

a

a

Tie Alves FOTOTiê Alves

Formado em Licenciatura Plena em Música pela ( FAAM) Faculdade de Artes Alcântara Machado. Estudou violão popular e viola caipira no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim.
Lançou em 2014, “O Rio e a Lua” seu CD de estréia, formado por composições próprias.
Leciona aulas de violão e musicalização.