Logo Companhia das Cordas Abrir Menu

As aulas de bateria da Companhia das Cordas visam dar aos alunos grande precisão rítmica, boa fluência de leitura, sonoridade rica, conhecimento amplo dos padrões rítmicos e do fraseado nos diversos gêneros de música e habilidade técnica para executá-los.

Tudo isso sempre cuidando para que o aluno tenha boa postura e boa percepção dos elementos melódicos e harmônicos com os quais seu instrumento interage.

Utilizamos material especialmente criado e/ou compilado por nossos professores e também todos os principais métodos do mercado, tanto para apresentar conteúdos como para propiciar a execução do repertório, com gravações e playbacks os mais diversos, sempre respeitando os objetivos e gostos de cada aluno.

Gostou? Comece agora!

Comece Agora

Aulas de Bateria da Companhia das Cordas


Aulas online e presenciais de bateria

As aulas presenciais ou on-line de bateria oferecidas pela Companhia das Cordas abrangem a estrutura de notas do instrumento, todas as formas de notação musical, aspectos motores, conhecimento teórico e repertório em todos os gêneros de música, com destaque para os da preferência do aluno.

Na modalidade on-line o aluno fica em conexão direta com o professor durante todo o período da aula, obtendo a mesma experiência da aula presencial, pois a aula acontece ao vivo, é individual e focada na necessidade do aluno (não é um curso EAD pré-gravado).

Para as aulas presenciais, a fim de garantir o máximo de segurança para alunos, professores e colaboradores, desenvolvemos um rígido protocolo de segurança sob orientação técnica de médicos infectologistas, que incluem adaptações físicas de proteção em nossas unidades:

– Divisórias de acrílico nas salas de aula, separando aluno e professor;

– Limitação de ocupação das nossas unidades em 40%;

–  Uso obrigatório de máscara, distanciamento mínimo de 1,50m entre as pessoas, disponibilização de álcool gel em todos os ambientes para higienização das mãos, entre outros.

Além das aulas individuais, o aluno é convidado a fazer cursos complementares de apreciação musical (gratuito), teoria, percepção, podendo ainda participar de apresentações online e bandas virtuais!

a

Conheça nossos professores

a

Bruno Balan

Bruno é pesquisador e estudioso dos ritmos do mundo, natural de São Paulo. Estudou bateria e percussão com: Sérgio Gomes, Dinho Gonçalves, Ale Damasceno, Eder O’ Rocha, Maurício Leite, Pithy, Giba Favery, Douglas Alonso, Armando Tibério, Lauro Lellis, Toniquinho, Nahame Casseb, Celso de Almeida e Edu Ribeiro. Tem entrevistas e workshops publicados pelas revistas “Modern Drummer Brasil” e “Up!”, pelos sites “O Baterista”, “Music School Online” e “Cuíca Play” e pelo jornal “Estado de Minas”. Atuou em shows ou gravações com: Rodrigo Rios, Luis Vagner Guitarreiro, Fiuk, KLB, Rick Bueno (Trem da Alegria), Joice Santos (Mtv), Olivia, Babi Muniz (Pânico na TV), Beba Zanetini, Aleukah Jones (SENEGAL), Carrah Flahive (EUA), Ellen Oléria (The Voice Brasil), Gabriela Nader (Fama), Mona Gadelha, Graça Cunha, Chico Medori, Graziela Medori, Art Themen e John Etheridge (INGLATERRA), Demma K, Paulo Neto (Ídolos), Michel Leme, Dannilu (Raul Gil), Phedra D. Córdoba (CUBA), Filó Machado, Mônica Agena (Natiruts), Talita Real (Jô Soares) e nos musicais “Amor e Música ou Vice-Versa” e “Stranger”. Ministra workshops e atua como baterista e percussionista nos estúdios Araucária, gravando trilhas e jingles.

a

a

a

a

Guilherme Marques 

Músico profissional, intérprete, compositor e pesquisador, Mestre em música pela Unicamp, atua como baterista com ênfase nas áreas da performance em música e docência em nível superior. Desenvolve trabalhos ligados à improvisação e suas mais variadas formas:  jazz, música brasileira, improvisação livre e propostas interdisciplinares envolvendo outras linguagens artísticas, como teatro e dança. Dedica-se com maior intensidade aos trabalhos autorais À Deriva, Comboio, KVAR e Música de Selvagem. Colabora com as companhias de teatro Les Commediens Tropicales e Estrela D’Alva e a companhia de dança iN SAiO. É docente da Escola Superior de Música na Faculdade Cantareira, desenvolve pesquisa de doutorado no departamento de música da UNICAMP.

a

a

a

a

a

a

Gustavo Lotto

Iniciou seus estudos com o professor Chumbinho (Clam) em 1977 e também teve aulas em 1981 com o músico Azael Rodrigues. Formou-se em bateria e percussão pela Fap-Arte 84-87 com o mestre Dinho Gonçalves.

Já tocou com vários artistas como: Jamelão, Sílvio Brito, Martinha, Antonio Carlos e Jocafi , Orquestra Ed Costa, Carlinhos Lyra, Sergio Basbaum e Banda Fabrica D’ Viagem, Virgínia Rosa, Swami Jr, Miele, The Platters, etc…

Atualmente toca com a banda Jazz ConnectionS

Já atuou como professor na Escola de música Grupo Ama e no Conservatório Musical Souza Lima.

a

a

 

a

aa

 

Pedro Torres

Cursou faculdade de música na Faculdade de Artes Alcântara Machado (FAAM), estudou com professores Sérgio Gomes e Alê Damasceno, além de Pepa D’elia e Claudio Tchernev.
Atualmente toca com Pedra Letícia, banda que mistura rock com humor e realiza shows por todo o Brasil, buscando sempre ministrar workshops pelas cidades que passa. Participa do projeto MDB (Música Divertida Brasileira) uma parceria do Pedra Letícia com o músico e humorista Rafael Cortez, além de ser baterista da Atari Rock, banda cover que toca em bares, pubs e eventos de São Paulo e interior. Já tocou com André Abujamra, Guilhermoso Wild Chicken, Jadiel Oliveira (Banda Black Rio), Daniela Ismério (Ídolos 2009), Bico do Corvo, Mateus Sartori e Gui Cardoso. Foi baterista contratado do XIV Festival de Música e Ecologia de Ilha Grande – Angra dos Reis e atuou como percussionista no espetáculo “Coletivo de Sonhos”. Na área pedagógica, foi professor por 7 anos da Underground Escola de Música, escola licenciada EM&T de Mogi das Cruzes/Sp, também ministrou aulas no Bateras Beat, unidade Tatuapé. Hoje concentra suas atividades como professor somente nas unidades da Companhia das Cordas.

a

a

a

aa

Ricardo Tanganelli da Silva

Musicólogo e regente, professor de piano e bateria, e pesquisador nas áreas de cognição e análise musical. Como regente, estreou diversas obras brasileiras e internacionais do repertório de concerto moderno e contemporâneo. Participa dos grupos de pesquisa Cogmus de cognição musical e do Muda! – música da atualidade. Atualmente, cursa doutorado em música no Instituto de Artes da Unesp (SP) e desenvolve intensa atividade como docente nas áreas de teoria musical, iniciação musical, prática de conjunto e canto coral.